Meu querido mês de agosto!

Meu querido mês de agosto!

Desde há muitos anos, que a nossa região, sofre da tensão dos meses de verão. Em especial as localidades mais rurais, nos meses de verão, a população quase que triplica….Vêm os “filhos da terra” matar saudades e ver os entes queridos.

Nestes meses há muitas romarias, quermesses, bailes e festas mais ou menos pagãs, e somos invadidos pela alegria do reencontro e do fortalecimento dos laços de amizade e de família, que durante do ano estão distantes!

Cá por casa não é exceção! Também neste mês a casa dos patriarcas da família, fica mais cheia que o habitual. Há muitas correrias, gargalhadas, risos de crianças, música com ritmos diferentes e mais barulho que o normal…que aliás nem sempre é bem aceite por todos. 😊

Nos dias de verão, temos a oportunidade, de regressar ao nosso lar de infância, rever amigos de toda a vida e até relembrar estórias e aventuras de juventude vividas numa pequena cidade do interior – #Pinhel.

Eu tive a sorte de ter uma infância e juventude, rodeada de amigos, de e para toda a vida. Que mesmo passado mais de vinte anos a viver longe de Pinhel, os nossos encontros, são sempre momentos especiais em que a sensação do tempo não tem real expressão. O que quero dizer com isto, é que depois de estarmos alguns meses sem nos vermos e/ou falarmos, agendamos um almoço de amigas e as conversas estão todas em sintonia e harmonia. Ficamos todas de coração cheio e com sensação e a emoção de que o tempo não passou pela nossa amizade!

Estamos de parabéns por termos conseguido saber manter a nossa amizade e cumplicidade verdadeira!

Adorei o almoço e a sessão da tarde……com a idade a amizade fica ainda melhor 😊.

Leave a Reply

Your email address will not be published.